E se perder o parafuso?

Este fim de verão e início de outono decidimos mudar a casa toda. Não mudámos de casa mas bem podíamos pois tirando a cozinha e as casas de banho, nada mais ficou no mesmo sítio. Tentámos acomodar os pedidos dos filhos, os desejos da mãe e do pai e os sonhos que tínhamos para a casa.

Neste momento já temos meia casa organizada, ou seja, os quartos dos rapazes estão limpos e arrumados, tanto quanto os quartos de rapazes conseguem estar. A sala com a sua biblioteca está arrumada mas ainda falta cair a parede que a separa da cozinha – isso fica para outra altura, bem como o nosso quarto.

Quando estávamos a arrumar a biblioteca, o nosso gato decidiu saltar para uma das prateleiras, que caiu em cima das outras em dominó e depois andou pela casa a brincar com aqueles parafusinhos que unem as prateleiras à estante. Até hoje, não encontramos um deles…

O meu marido foi a várias lojas à procura de um substituto mas sem sucesso até que alguém o aconselhou a ir ao Ikea, onde tínhamos comprado a estante. Foi aí que viu a Luz!

 

Se alguma vez perderem o parafuso… Não desesperem. À entrada, próximo dos cacifos, e do Smaland, encontrarão o que procuram!

Anúncios

Abril, corridas mil

Depois da nossa prova 28ª EDP Meia Maratona de Lisboa (com um improvisado ponto de partida) continuamos com o Grupo da Renault Run Club a preparar os melhores percursos runner na capital e arredores:

7 de abril

Pela saúde/direitos dos trabalhadores!

Corrida da UGT – Corrida 8 km & Caminhada 4 km (10 horas) no Parque Urbano do Jamor. As inscrições são gratuitas no site http://www.prozis.com ou nas instalações da Xistarca

14 de abril

4 parques 4 corridas

2.ª Prova dos Circuitos dos Parques de Lisboa – 10 km (17h) – no Parque José Gomes Ferreira, mais conhecido como a Mata de Alvalade.

15 de abril

Estoril – Parede – Santo Amaro – Cruz Quebrada – Belém!

79ª Estafeta Cascais-Oeiras-Lisboa (9h30) – 20 km Corrida ou Estafeta pela Marginal com o local de partida junto ao Casino Estoril e a meta na Praça do Império – Belém.

 21 de abril

Apoie a Investigação em Oncologia

23.ª Corrida Terry Fox (10h30) – 7 km de corrida ou 5 km caminhada com partida junto ao Myriad, Parque das Nações

Scalabis Night Runners (21h) – 10 km de corrida ou 5 km caminhada, com partida e chegada no Jardim da Liberdade, Santarém (percorrendo o centro histórico de Santarém).

25 de abril

Dia Da Liberdade

41.ª Edição Corrida da Liberdade (10h30) com três percursos diferentes, 11km (Pontinha / Quartel do Regimento de Engenharia 1 – Praça dos Restauradores) & 5km (Largo do Carmo – Praça dos Restauradores) & 1km (Av. da Liberdade – Praça dos Restauradores). As inscrições são gratuitas.

 

 

Prendas (nada) ortodoxas a oferecer aos papás e mamãs

Babetes, banheiras para bebés, toalhas de banho, babygrows, bodys casaquinhos, botinhas ou sapatinhos de lã, meias, rocas, roupinha (estação do ano), roupinha para os primeiros dias, a primeira boneca, brinquedos que estimulam, mobile musical, berço, carrinho & alcofa de passeio/cadeira carro … perguntem aos pais o que já têm!

baby shower

Existem diferentes razões para justificar a nossa escolha da melhor prenda, para tal existem duas boas questões são: é uma prenda para o bebé ou para os papás?

Contudo, se quiserem surpreender e deixar os pais perguntar a razão da vossa prenda, é fácil “Acreditem que vão precisar & agradecer-nos várias vezes ao longo da vossa experiência como pais!”

Vamos à lista:

  • Cola Universal Instantânea Loctite Super Cola 3 – Com Pincel, todas as semanas há algo a quebrar (manter bem afastado dos pequenos)
  • Mala com ferramentas com um kit completo para trabalhos de bricolage e ferramentas manuais
  • Máquinas de Pipocas, os pais que treinem até os pequenos terem tamanho suficiente para escolher o filme para a noite de cinema em família e se encarregarem desta tarefa
  • Centrifugadora de Fruta, qualquer altura é uma boa altura para começar a preparar um sumo acabadinho de espremer pela manhã
  • Máquina de fazer Gelados, todos os verões os filhos dos vossos amigos irão lembrar-vos
  • Caixa de primeiros socorros: água oxigenada 250 ml, álcool 96° etílico 250 ml, algodão zigzag, compressas de gaze esterilizadoras, pensos, luvas de látex, pinças de dissecação, tesoura reta, Tesoura curva, ligadura 5×5 e 5×7, pinça de plástico, toalhetes antisséptico, adesivo curativo 10 x 6 cm, spray frio, Bolsa de frio instantâneo, termómetro digital.
  • Fritadeira sem óleo, chegou a altura para revolucionar a cozinha e os seus cozinhados e recorrer-se a uma equipamento que usa a gordura do próprio alimento para prepará-lo (todos nós queremos estar ainda de perfeita saúde quando os nossos netos se casarem)

São algumas sugestões, opinem, sugerem, colaborem … os pais agradecem!

Apertem as Sapatilhas

Com a chegada da primavera chegamos também a um mês absolutamente arrebatador. A par da prova para a qual tão afincadamente nos preparamos com o Grupo da Renault Run Club, a 28ª EDP Meia Maratona de Lisboa, destacamos também outra propostas com os melhores percursos runner que prometemos repetir este ano:

 4 de março

Três propostas, três locais & eventos formidáveis?

Corrida Salesianos – Corrida 10km – 10h00 Praça do Império, Belém, Lisboa.

Corrida das Lezírias – Corrida 15,5 km & Mini Corrida 5km – 10h00 Lezírias / Passeio Ribeirinho – Vila Franca de Xira.

Corrida Solidária Refood, organiza pela Corrida Noturna e Refood Parque das Nações – Corridas 5km & 10km com passagem pelo Jardim Garcia de Orta, Pavilhão do Conhecimento, Marina, Passeio do Tejo e Jardim do Passeio dos Heróis do Mar.

10 & 11 de março

Três provas, um evento!

VITALIS 7K Jamor – Corrida 7km – 9:30 Estádio Nacional, Jamor e meta em frente ao Mosteiro dos Jerónimos, em Belém.

28ª EDP Meia Maratona de Lisboa – 21.097 metros – 10h30 com partida e passagem na Ponte 25 de Abril e meta em frente ao Mosteiro dos Jerónimos, em Belém.

Mini Maratona Vodafone – 7.200 metros – 10:30 com partida no Largo da Portagem da Ponte 25 de Abril e meta em frente ao Mosteiro dos Jerónimos, em Belém.

18 de Março

Dias antes do equinócio da primavera, que ocorre a 20 de março, às 16h00, nada melhor do que um passeio pelo pulmão da capital!

23ª Corrida da Árvore – Corrida 10km – 10h00 com partida na Estrada do Penedo chegada na Alameda Keil do Amaral no Parque Florestal de Monsanto.

25 de Março

Uma corrida com o mar à porta em Mafra

36ª Corrida dos Sinos – Corrida dos Sinos 15km & a Prova dos Sininhos 6km – 10 horas com partida e chegada no Parque Desportivo Municipal Eng.º Ministro dos Santos e passagem incontornável pelo Palácio Nacional de Mafra.

IMG_20170326_123208

Preparem-se, participem e divirtam-se. Marcamos encontro na meta entre medalhas de finisher, uma árvore e um sininho.

Maravilhoso Mundo Novo

A cozinha para os mais novos

“Não brinques com os fósforos!”, “Não te aproximes do fogão!”, “Não mexas no gás!”, “Afasta-te das tomadas!”, “As facas não são para brincadeiras!”, … “Vai buscar o açúcar.”, “Enche este tacho de água.”, “Fica de olho neste arroz.” Destas e outras formas participávamos na cozinha. Participávamos?

Hell’s Kitchen & MiniChef são um bom exemplo de que nem sempre um adulto deveria frequentar uma cozinha e que os pequenos (quando os deixam) conseguem fazer grandes maravilhas entre tachos, varinha mágica e sumos de fruta. Com o condescende apoio, condições e imaginação tudo é possível. Tendo-nos já apetrechado com um Micro Ondas, Máquina de fazer Gelados, Máquinas de Pipocas, Batedeira manual (JÄMFÖRLIG), Formas para Muffins e CupCakes em Silicone, Faqueiro em cores variadas (KALAS), Centrifugadora de Fruta, … agora desenterramos uma Máquina de Cozinhar a Vapor.

Exímios cozinheiros de metro e meio, entendidos com a preparação de um pequeno-almoço com um sumo acabado de espremer e umas saborosas panquecas, uma sobremesa entre um gelado, gelatina, mousse, bolos & tartes, petit gateau e bolo da caneca, uma noite de cinema em casa acompanhada por pipocas, agora descobrimos o Bolo Fofo de Chocolate preparado de forma autónoma na Máquina de Cozinhar a Vapor.

Bolo Fofo de Chocolate

100g de chocolate preto

  50g de manteiga

3 ovos

85g de açúcar

35g de farinha

NOTA: como só tínhamos em casa uma tablete de chocolate da Milka, acabámos por usá-la e cortámos no açucar para 45 gr (ficou igualmente delicioso)

 

  1. Parta o chocolate em pedaços para mais facilmente o derreterem.
  2. Adicione a manteia.
  3. Bata as claras em castelo.
  4. Junte ao chocolate derretido as gemas, açúcar, farinha e as claras.
  5. Deite em formas individuais (na capacidade máxima).
  6. Coza a vapor durante 30 minutos (facilmente 12 tacinhas).

Bom Proveito!

 

KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã

Alguém faltou às aulas de história, outros não prestaram muita atenção aos desenvolvimentos dos últimos anos, há muitos que não aprenderam com os erros (recorrentes) da história da humanidade, há pessoas com medo da mudança e uns imbecis que simplesmente não sabem fazer melhor.

Concluída mais uma KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã, o balanço é (como habitualmente) bastante positivo: Haus ohne Dach (Casa sem teto), Alki Alki (Ébrio, Ébrio), Siebzehn (Dezassete), Ich und Kaminski (Kaminski e eu) foram somente algumas das obras com que fomos presenteados este ano. Contudo, o nosso destaque vai para os filmes de Josef Hader, Petra Biondina Volpe e Thomas Stuber.

 

Wilde Maus (Wild Mouse) de Josef Hader

Quando a reestruturação e os cortes orçamentais de uma empresa são o sinónimo de despedimentos, nem que seja do famoso crítico de música Georg, há um problema. Quando as pessoas à frente das empresas não são capazes de modernizar, gerir o seu pessoal, adotar novas medias, atualizar … não têm cabeça para gerir, há sempre alguém a perder a cabeça também.

Die göttliche Ordnung (A ordem divina) de Petra Biondina Volpe

A década não poderia ter começado de forma promissora: Woodstock, Flower Power, revolução cultural, liberdade de expressão, manifestações anti guerra, amor livre, liberdade sexual, … em todo o mundo se notaram estas alterações, em todo o mundo? Todo? Não! Uma aldeia povoada por irredutíveis suíços resiste agora e sempre a estas modernices invasoras que atestam contra a ordem divina das coisas. Os homens trabalham para sustentar o lar, as mulheres cuidam da lida a casa; os homens mandam, as mulheres obedecem; os homens têm o direito ao voto, as mulheres não!

Herbert de Thomas Stuber

As pessoas tendem a embarcar nesta vida como se de uma viagem de longo percurso se tratasse, com todas as paragens, estações, apeadeiros e transbordo … até se aperceberem que embarcaram num TGV e que se dirigem de forma resoluta para um precipício, e a via ganha um outro significado. Herbert, outrora o Orgulho de Leipzig, é um pugilista profissional e detentor de inúmeros e incorrigíveis erros pessoais e profissionais cometidos ao longo da sua vida, quando se vê, de um momento para o outro, com os seus dias contados ao ser descoberto que tem uma doença incurável do sistema nervoso motor.

 

Três filmes que retratam acontecimentos ao longo de três décadas tão atuais como as notícias da última semana. Lamentavelmente as mentes das pessoas não conseguiram acompanhar todo o avanço industrial, tecnológico, o desenvolvimento no campo da ciência e medicina. Quando antes se morria à nascença, à porta da puberdade, aos trinta (com sorte), agora somos levados a desfrutar dos sabores e dissabores da vida.

Quando a preferência das nações passa por “queimar” o dinheiro em bombas, “atirar” o dinheiro por um cano de uma arma; gestores vivem em mansões, conduzem carros de alta cilindrada, tiram umas (recorrentes) férias do trabalho enquanto entregam as suas empresas à banca e o “mexilhão” não consegue juntar o suficiente para pagar a renda do seu exíguo lar, guardam uns trocos para o bilhete e aproveitam as suas férias para realizar alguns biscates, “há algo de podre no reino da Dinamarca”.

Frauen sind Bessere Männer

 

(Tal como um artista, antes de criar a sua obra de arte, Deus elaborou um tosco esboço)

Sons e Letras com Entrada Livre

Já têm programa para esta semana? Estas são só algumas propostas boas para esta semana. Agora, só falta arranjar tempo!

21 de Janeiro

16h00 – Concerto Ano Novo com a Banda da Sociedade Filarmónica Recreio Alverquense.

16h00 – Não Simão apresenta o seu novo trabalho “Se Houvesse Vida Aqui” na FNAC Chiado.

18h30 – Apresentação do livro de Thiago Rodrigues Braga, vencedor do Prémio Literário UCCLA, “Diário de Cão” na FNAC Colombo.

22 de Janeiro

21h30 – Visualização do filme “Lost in Translation” de Sofia Coppola (2003) na Casa da Achada – Centro Mário Dionísio

18h30 – Apresentação do livro de Paula Regina Simões de Oliveira, “Serpentes em Angola”, na FNAC Chiado

23 de Janeiro

18:30 – Apresentação do livro que reúne todos os poemas de Bernardo Pinto de Almeida publicados entre 1975 e 2006 (Edição Relógio d’Água) com António Barahona, Catarina Wallenstein (leituras) e Osvaldo Silvestre (apresentação) na Casa Fernando Pessoa

24 de Janeiro

nuno nepomuceno18:30 – Apresentação do livro “Cidades de Pedestres – A caminhabilidade no Brasil e no Mundo” por Mateus Humberto, Adriana Souza e Mário Alves na Livraria Tigre de Papel

19h00 – Apresentação do livro de Nuno Nepomuceno, Pecados Santosna FNAC Colombo.

18:30 – Apresentação do livro de Luize Valente, Sonata em Auschwitz na FNAC Chiado.

19:00 – Visualização do filme “The Ghost Writer” (2010) de Roman Polanski  baseado no romance de Robert Harris com apresentação e moderação de Vanda Anastácio, na Fundação das Casas de Fronteira e Alorna.

25 de Janeiro

09h30 às 19h00 – Tragam um livrotroquem por outro na Livraria e Papelaria Espaço.

17:00 – Apresentação do livro de António Barreto, “De Portugal para a Europa” com apresentação de José Luís Cardoso, no Salão Nobre da Academia das Ciências de Lisboa.

18h30 – Apresentação do livro de Margarida Lobo Antunes e Andreia Vidal,À Descoberta do seu Bebé” na FNAC Colombo.

18h30 – Apresentação do livro de Luís Machado, “Rostos da Portugalidade”, com apresentação de Elísio Summavielle, Marta Crawford e Vítor Melícias na FNAC Chiado.

19:00 – Debates, conferências e apresentações à volta do tema “A imaginação ao poder” na Fundação Calouste Gulbenkian.

19:00 Tertúlia com a Bertrand Editora e o Goethe-Instituto baseada no livro «Goethe – O Eterno Amador», da autoria (e presença) de João Barrento, a professora Maria Filomena Molder e o professor José Miranda Justo.

21h00 – Visualização do filme “O Fabuloso de Amélia” (2001) de Jean-Pierre Jeunet no Espaço Limite Curioso.

26 de Janeiro

22h00 – Boémia Vadia apresenta velhos e novos temas na FNAC CascaiShopping.

27 de Janeiro

15h30 Leitura de textos e tertúlia com a atriz Teresa Tavares, Helena Ferro Gouveia (jornalista) e Julieta Monginho (escritora e magistrada do Ministério Público) numa conversa moderada por Ana Daniela Soares Ferreira, na Corações com Coroa.

16:00 – Apresentação do livro de António Gouveia e Beatrice Cerocchi, “O João e os Monstros” (Bruaá Editora) na BAOBÁ livraria.

17h00 – Apresentação do livro de Filipa Range, A Cozinha Verde com a apresentação de André Silva (Deputado e Porta-voz do PAN) e Darchite Kantelal, na FNAC Colombo.

17h00 – João Chora apresenta o seu novo trabalho “Aromas de Fado” na FNAC Chiado.

22h00 – Banho Maria apresenta o seu novo trabalho “Casa do Castelo” na FNAC CascaiShopping.

 

Uma mão cheia de razões

Uma semana, sete dias e muitas razões para visitar alguns dos espaços emblemáticos da capital com a companhia de Roman Polanski, Joan Miró, Maria João Costa, Salvador Dali, David Fincher, Stanley Kubrick, Roberto Rossellini, Adam Shabkman, Oscar da Silva, Chopin, Bach, Disney, João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata … só para referir alguns.

Segunda 15 de janeiro 2018

* Palácio Nacional da Ajuda – “Joan Miró: Materialidade e Metamorfose”

Até 13 de fevereiro na Galeria D. Luís, no Palácio Nacional da Ajuda encontra-se (ainda) patente a exposição de 85 obras de pintor catalão Joan Miró, espelho de seis décadas de Miró (1924 a 1981)

Bilhete: Miró 10€; Miró & Palácio Nacional da Ajuda 13€. Isenção crianças menores de 12 anos. De segunda a domingo (10.00-18.00), encerra à quarta-feira

* Calouste Gulbenkian – Grande Auditório; “O Pianista” de Roman Polanski (18horas)

Iniciou esta semana o ciclo Pianomania (que irá perdurar até junho) na Gulbenkian com destaque ao piano: concertos, interpretações a piano (uma delas ao longo de 14 horas e que se estenderá das 10 horas até à meia-noite), exibição de documentários e filmes. O nosso desataque neste dia vai para o filme “O Pianista” de Roman Polanski inspirado nas memórias do pianista polaco Wladyslaw Szpilman ao longo da da 2ª Guerra Mundial: restrições, perseguições, medos e sofrimento.

Entrada gratuita. Bilhetes levantados no próprio dia a partir das 10:00.

piano

Terça 16 de janeiro 2018

* Biblioteca Camões – Grupo Leitores Escrever Escrever o “Silêncio” (18h30)

Mensalmente o espaço Grupo Leitores Escrever Escrever reúne numa tertúlia de leitores na Biblioteca Camões para trocarem ideias, debater textos e descobrir novos autores através de um tema. Esta semana, a partir do tema “Silêncio” e sob a coordenação de Conceição Garcia, o grupo reúne e convida à participação, debate de novas ideias e quem sabe, descobrir novos autores (e futuros escritores).

Entrada livre e mediante inscrição prévia.

Quarta 17 de janeiro 2018

* Livraria Ferin & Bruno Vieira Amaral “Manobras de Guerrilha” (18:30)

Com a apresentação da jornalista TVI Maria João Costa, a Quetzal Editores e a Livraria Ferin convidam para o lançamento da nova obra de Bruno Vieira Amaral «Manobras de Guerrilha».

Entrada livre, sujeita à lotação do espaço.

Quinta 18 de janeiro 2018

* Espaço Limite Curioso – Ciclo Os Nossos Queridos Filmes “Um Amor Para Recordar” (21:00)

Enquadrado no 1° ciclo de cinema o ano de 2018, Os Nossos Queridos Filmes, o Espaço Limite Curioso (Rua Prior do Crato n.º 56/60) convida para a recordação do filme de Adam Shabkam “Um Amor Para Recordar” (2002).

Entrada livre, sujeita à lotação do espaço.

 Sexta 19 de janeiro 2018

* Museu Nacional da Música – Arthur Nesrala (19:00)

O espaço que contem mais de mil instrumentos musicais do século XVI à atualidade Organizado pelo Museu Nacional da Música, espólios documentais e instrumentais convida para a interpretação a piano de Arthur Nesrala com Oscar da Silva, Johann Sebastian Bach, Frédéric François Chopin e João Pedro Oliveira.

Entrada livre, sujeita à lotação da sala.

 Sábado 20 de janeiro 2018 

* Museu Fundação Oriente & Concerto Disney (17h00)

O Museu Fundação Oriente em conjunto com o Conservatório de Música da Metropolitana convidam pequenos e graúdos para um final de tarde diferente e agradável ao som do imaginário sonoro da Disney.

Gratuito, mediante levantamento de bilhete no próprio dia.

 Domingo 21 de janeiro 2018

* Calouste Gulbenkian – Auditório 3, Zhu Xiao-Mei & J.S. Bach (16h00 até 17h30)

À conversa moderada por Risto Nieminen com Michel Mollard é apresentado o documentário de Zhu Xiao-Mei, a respeito de J. S. Bach.

Entrada gratuita. Bilhetes levantados no próprio dia a partir das 10:00.

Pequenos Detetives de visita aos Museus

 

Ano novo, velhos hábitos & tradições a manter ou continuar este ano. Quem é que já conseguiu visitar todos os museus com entrada gratuita aos domingos e feriados? É das raras heranças do ano passado que nos orgulhamos. Tendo-nos facilitado o acesso a estes espaços o(s) problema(s) residem em: *depois de uma estafante semana de trabalho, organizar uma visita ao museu; *visitar um destes espaços com crianças ou, pior ainda, com adolescentes (telemóvel, auriculares, redes sociais atualizadas ao segundo, óculos de sol, t-shirt [mesmo no dia mais frio do ano], arrastar de pés).

torre de belém

A melhor maneira de enfrentar uma deslocação destas é, em primeiro lugar, selecionar um museu ou priorizar uma lista de alguns museus entre os propostos (mais cedo ou mais tarde vamos querer ter visitado todos):

# Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves

# Castelo de S. Jorge

# MAAT

# Mosteiro de Jerónimos

# Museu da Marinha

# Museu da Marioneta

# Museu da Música

# Museu de Arte Antiga

# Museu de Arte Contemporânea

# Museu de Arqueologia

# Museu de Arte Popular

# Museu de Etnologia

# Museu de Lisboa – Bordalo Pinheiro

# Museu de Lisboa –

Núcleo Arqueológico da Casa dos Bicos

# Museu de Lisboa – Palácio Pimenta

# Museu de Lisboa – Teatro Romano

# Museu de Lisboa – Torreão Poente

# Museu de Lisboa – Santo António

# Museu do Aljube

# Museu do Azulejo

# Museu do Chiado

# Museu do Dinheiro

# Museu do Fado

# Museu do Teatro e Dança

# Museu do Traje

# Museu dos Coches

# Palácio Nacional da Ajuda

# Palácio Nacional de Mafra

# Panteão Nacional

# Torre de Belém

 

A par destas excelentes propostas, existem ainda dias muito especiais a não perder de vis(i)ta:

# Oceanário de Lisboa & Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva, vale a pena estar atento às campanhas dos bilhetes VaiVém, dois bilhetes por um.

# Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, bilhete de criança grátis (até 5 anos inclusive) e completamente gratuito a 18 de maio – Dia Internacional dos Museus, 25 de julho – Aniversário do Pavilhão do Conhecimento, ou 24 de novembro – Dia Nacional da Cultura Científica.

# Jardim Zoológico de Lisboa & Cartões especiais. Com a apresentação do Cartão BP PremierPlus nas bilheteiras do Jardim Zoológico, podemos trocar os pontos acumulados por entradas gratuitas (1700 pontos = 1 entrada de criança / 2700 pontos = 1 entrada de adulto ou 3ª idade). Para quem já aderiu aos seguintes cartões, parabéns porque Clube RIK&ROK oferece a entrada para crianças até aos 10 anos; Clube Pelicas oferece a entrada para crianças até aos 13 anos; Clube Olá oferece a entrada para crianças até aos 12 anos; e ACP Júnior oferece a entrada para crianças até aos 12 anos.

A par destas possibilidades de visitar de forma livre com a família monumentos, palácios e museus, há ainda a celebrar duas importantes datas: o Dia Internacional dos Museus a 18 de maio com a organização de diversas atividades e a entrada livre ao longo de todo o dia em todos os Museus e Palácios da DGPC; e em maio, a Noite dos Museus, em que todos os Museus e Palácios da DGPC têm entrada livre a partir das 18:00.

De seguida só falta munir, cada um dos jovens, com os famosos folhetos informativos que se encontram à entrada de qualquer um destes espaços e uma caneta para colocar os visto de verificação. Rápida reunião familiar onde são discutidas as caraterísticas do museu, os pequenos encarregues de não deixar escapar cada uma das salas, objetos ou artefactos mais relevantes e os mais velhos a descrever a relevância de cada um deles e contribuir para o InstaStories do dia (sem flash).

 

2017 passou a Correr

2017 – Quando percorrer 10 km era o equivalente a uma distante localidade com um nome de difícil leitura que nunca imaginávamos visitar … Ao longo deste ano corremos por nós e aprendemos que poderíamos servir de exemplo para os nossos filhos, participar em treinos e corridas de cariz social, percorrer locais normalmente vedados a peões ou zonas emblemáticas. De participantes exaustos, com sucessivas paragens para recuperar o fôlego, suados e com a sôfrega necessidade de reposição de açúcar e água: 1 ano, 10 minutos mais rápido, participando nos Sub60 e já selecionamos os nossos percursos para 2018.

No 1.ºKm questionamo-nos “O que andamos a fazer aqui?”; 3.ºKm, “Isto é para doidos!”; 5.º, “Só para masoquistas!”; 6.ºKm, “Como me meti nisto?”; 7.ºKm, “Nunca mais!”; 8.ºKm, “Ainda faltam 2Km … mais vale voltar para trás.”; 9.ºKm, “Ainda faltam 1000 metros.”; 10.ºKm, “Ufa!” … 10Km e 10m: “Quando será a próxima?”.

Esperamos voltar a percorrer as principais avenidas da capital, seguir ao longo da Zona Ribeirinha de Lisboa, passear ao longo da marginal (à noite), pisar a pista do Autódromo do Estoril, Estádio Universitário de Lisboa, Estádio de Honra & Jamor, deambular pelo Parque das Nações, errar ao longo do Passeio Atlântico de Cascais, atravessar o Parque Florestal de Monsanto, o Aqueduto das Águas Livres, a Ponte 25 de Abril e a Ponte Vasco da Gama.

20171230_223249

Treinámos e corremos ao lado do grupo do Programa Nacional de Marcha, a Escola de Atletismo Jorge Pina, ReFood Parque das Nações, David Vaz Associação, Dravet Portugal, Projeto Lava-Vidas – Lavandaria Terapêutica, SPEM – Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla, Projeto de Voluntariado “Mais Sorrisos“, Fundação Pão de Açúcar – Auchan, CPLP – Juntos Contra a Fome, os Pupilos do Exército e “MontepioCorremos Uns Pelos Outros”. Marcámos presença Corrida Sport Zone com os Campeões, Corrida da Árvore, Marvila Run, Lisbon Eco Marathon, no Desafio Rádio Comercial: Ser o 38º a cortar a meta, na Vitalis 7K & 27ª Meia Maratona de Lisboa, no Challenge 3000 OZ Energia, Corrida Farmacêutica, Corrida do Oriente, Meia Maratona dos Descobrimentos, Corrida do Tejo, Corrida #BeActive, Rock ‘n’ Roll Mini Maratona, Corrida da Água, melhorámos o nosso tempo no Grande Prémio do Natal (não inventam prova como esta para quebrar máximos individuais) … e agora, quase a findar o ano, a Corrida S. Silvestre – Lisboa.

Todas juntas davam para atravessar o solo lusitano de norte a sul (±800Km): para o ano desejamos chegar aos Picos da Europa. No domingo (depois da S. Silvestre – Amadora), comam e bebam com moderação, vão tomar um banho (seguro) numa das nossas bonitas praias, treinem e preparem-se, aguarda-nos um longo ano: 1000Km a correr em 365 dias.