BOCAge, o mais honesto homem para se amar…

Se gosta de Bocage ou quer conhecer melhor este poeta singular, com uma vida complicada desde tenra idade, esta é a peça a assistir. Numa viagem através da vida e obra de Bocage, claramente com uma linguagem vernacular e língua afiada, Rita Ribeiro, Sandra Lopes e Mafalda Rodrigues recebem o público de braços (e outras coisas)…

Ler Mais

VANYA E SONIA E MASHA E SPIKE

Uma mão cheia e mais um dedo de excelentes actores, um texto que tem tanto de cómico como de trágico e uma química natural nesta produção da Yellow Star Company são os ingredientes perfeitos para um serão maravilhoso. No Teatro Armando Cortez poderá ver Helena Isabel, Heitor Lourenço, Mané Ribeiro, Marina Albuquerque, Mafalda Luís de Castro…

Ler Mais

As Vedetas

Ontem à noite foi dia de teatro. Ainda não conhecia o Teatro Armando Cortez e fiquei rendida. Tem uma localização excelente e, para quem está habituada a ir ao teatro no centro de Lisboa, aqui havia lugar para estacionar sem problema! Fomos ver “As Vedetas” Com Sofia Arruda e Joana Alvarenga, cuja composição das personagens…

Ler Mais

“Quase Normal”, no Auditório do Casino Estoril.

Com a titanesca responsabilidade de representar o sucesso da Broadway e o consequente Pulitzer 2010, na categoria de Drama, a produção ArtFeist apresenta “Quase Normal“, a doença bipolar em cena no Auditório do Casino Estoril. Fomos vê-lo recentemente e recomendamos vivamente! A vida de uma mulher com a doença bipolar, tradicionalmente designada Doença Maníaco-Depressiva, seria demasiado…

Ler Mais

"Quase Normal", no Auditório do Casino Estoril.

Com a titanesca responsabilidade de representar o sucesso da Broadway e o consequente Pulitzer 2010, na categoria de Drama, a produção ArtFeist apresenta “Quase Normal“, a doença bipolar em cena no Auditório do Casino Estoril. Fomos vê-lo recentemente e recomendamos vivamente! A vida de uma mulher com a doença bipolar, tradicionalmente designada Doença Maníaco-Depressiva, seria demasiado…

Ler Mais

Em Abril, manhã de verão, tarde de inverno

Frio, chuva, dia de passeio… Hoje fomos ver o espetáculo Cair no Teatro Municipal Maria Matos. O teatro é bastante moderno, os funcionários são muito simpáticos e cheios de gadgets modernos e senti-me muito segura, na presença de uma equipa de segurança. Conclusão: em dia de chuva vão ao teatro, vão ver espetáculos – saiam…

Ler Mais