E se perder o parafuso?

Este fim de verão e início de outono decidimos mudar a casa toda. Não mudámos de casa mas bem podíamos pois tirando a cozinha e as casas de banho, nada mais ficou no mesmo sítio. Tentámos acomodar os pedidos dos filhos, os desejos da mãe e do pai e os sonhos que tínhamos para a casa.

Neste momento já temos meia casa organizada, ou seja, os quartos dos rapazes estão limpos e arrumados, tanto quanto os quartos de rapazes conseguem estar. A sala com a sua biblioteca está arrumada mas ainda falta cair a parede que a separa da cozinha – isso fica para outra altura, bem como o nosso quarto.

Quando estávamos a arrumar a biblioteca, o nosso gato decidiu saltar para uma das prateleiras, que caiu em cima das outras em dominó e depois andou pela casa a brincar com aqueles parafusinhos que unem as prateleiras à estante. Até hoje, não encontramos um deles…

O meu marido foi a várias lojas à procura de um substituto mas sem sucesso até que alguém o aconselhou a ir ao Ikea, onde tínhamos comprado a estante. Foi aí que viu a Luz!

 

Se alguma vez perderem o parafuso… Não desesperem. À entrada, próximo dos cacifos, e do Smaland, encontrarão o que procuram!

Anúncios

Chegou o outono ao meu sofá!

Se há algo que gosto na volta do outono, é o regresso das minhas séries preferidas e as tardes (tarde) para ver os meus médicos… Sim, porque ver séries tem um método. Há aquelas que vejo com o meu marido, há as que vemos com o meu marido e o nosso adolescente, há as que vemos todos juntos e finalmente aquelas que só eu gosto de ver e que normalmente têm médicos…

Sei que todos têm as suas séries preferidas mas estas são minhas, mas partilho-as com quem quiser. A primeira que sai já hoje é a This is us. Se não conhecem, vejam, com uma grande caixa de lenços ao lado e um daqueles potes de gelado deliciosos ou um saudável como este. É uma série de família, em que a perspetiva do amor vence muitas coisas mas não responde a tudo… E isso faz-nos voltar para mais! 

The Walking Dead continua a fazer-nos companhia, embora sinta a falta de tantas personagens emblemáticas que têm desaparecido e dizem que Rick também se vai nesta série… Como pode ser isto!!!

Shameless está de volta com a família mais complicada de sempre e não perdemos um único episódio. Numa série em que não há bem ou mal, há apenas a sobrevivência dos mais fortes num mundo complicado em que estes jovens tiveram que crescer. Não é fácil para quem tenha estômagos frágeis. 

Eu sou fã das séries Chicago e da forma como elas se entrelaçam. Chega Chicago Fire, já na sua 5ª temporada e eu não vou perder…

The Good Doctor, The Resident e A Anatomia de Grey voltam para animar as minhas sessões de organização da roupa da família e vai ser o máximo!!! Mesmo que queiram levar Meredith Grey embora (espero, espero mesmo, que não).

Uma estreia que me deixa curiosa é Siren que irei ainda espreitar e espero não ficar desiludida. Já arrancou no SYFY e promete ser interessante para quem gosta do género (como eu).

Agora, haja tempo para eu poder ficar no sofá e usufruir do meu cantinho com as minhas séries favoritas. Quais são as vossas?

Museu das Crianças – ATL de Verão

Só agora chegámos a meio das férias de verão e muitos pais não sabem como irão gerir o tempo dos filhos até ao início das aulas. Existem vários campos de férias e existem campos de férias especiais como este que o C. frequentou. O Museu das Crianças tem um programa que abrange todas as férias e que não permite às crianças se aborrecerem!

No caso do filhote, a temática da semana foi o Rei Leão e o Mundo Animal. Durante toda a semana, realizou várias actividades desde a culinária, os ateliers, a visita ao zoo, às várias propostas interessantíssimas que fazem parte da exposição do Museu das Crianças, culminando com uma apresentação de “O Rei Leão” interpretado pelas crianças e com direito a lanche partilhado com os pais num cenário de sonho.

Foi uma semana em cheio e não me pareceu que se tivesse aborrecido um minuto. Vinha cansado, ao fim do dia, mas extremamente feliz. No dia da despedida, no fim do espectáculo, foi mostrar-nos tudo  que havia feito durante a semana e, por sua vontade, teria voltado na semana seguinte…

Localizado no Jardim Zoológico, logo no primeiro edifício à direita, o Museu das Crianças é um mundo mágico que convida as crianças a brincarem e a serem felizes, recorrendo à imaginação. A equipa, não sendo a equipa maravilha, é certamente maravilhosa, com um grande cuidado com os vários meninos e meninas, com idades compreendidas entre os 3 e os 11. O facto de ter o almoço e o lanche incluídos é uma bênção pois retira mais uma preocupação aos pais.

museudascrianças1

Para quem ainda não tem campo de férias definido, o Museu das Crianças terá ATLs diversificados até à semana de 10 a 14 de  Setembro. Não só os espectáculos são giríssimos como igualmente as temáticas são muito aliciantes e, caso precisem de ficar mais de uma semana, têm a certeza que não se irão aborrecer.

 

museudascrianças2

Propostas para uma semana de verão

Mesmo que já tenham chegado de férias, estamos no verão e os horários são diferentes. Os dias mais quentes e mais longos convidam a viver com mais calma e a sermos mais felizes. Propomo-vos momentos de lazer, sozinhos, a dois ou em família.

Hotel Transylvânia 3

  Mais um filme desta maravilhosa família que nos faz relembrar a saudosa Família Adams. Em Hotel Transylvânia 3, esta família de hoteleiros faz finalmente férias e abandona o hotel para ir fazer um cruzeiro maravilhoso. As referências ao Triângulo das Bermudas e a Atlantis são bons para desencadear conversas com as crianças e jovens sobre mitos que, ainda hoje, persistem e são procurados. Por outro lado, é um filme excelente para ajudar as crianças a ultrapassarem os medos de monstros e outras criaturas que se temem esconder-se na sombra. A não perder!

Café Império

Um dos Ex-libris de Lisboa, o Café Império situado na Alameda, perto da Fonte Luminosa, faz as delícias de quem aprecia um bom bife. Sim, bifes, esparragado e sobremesas maravilhosas esperam por vós! Com um ambiente singular, leva-nos a um passado romântico, ao estilo dos anos 50. Tem uma zona infantil mas recomendo um bom passeio a dois, terminando com uma boa refeição, ou vice-versa.

Block Puzzle

Um momento a sós, para desanuviar em qualquer lugar e a qualquer hora, Block Puzzle faz lembrar o Tetris mas sem a pressão das peças que caiem. Temos que colocar as peças de modo a fazer linha e a que a mesma desapareça, sendo que ao acumular e ao surgirem peças maiores podemos perder por não haver mais espaço para as colocar.

screenshot_20180730-170237705447501.png

100 Portuguesas com História

Uma compilação muito boa sobre 100 grandes mulheres na história portuguesa. Um verdadeiro abre-olhos sobre os nossos antepassados e o papel das mulheres ao longo dos tempos. É um livro extenso, com 100 grandes nomes, embora nem todos conhecidos, mas que vale a pena conhecer. Pela mão de Anabela Natário, uma obra a não perder!

img_20180716_142955604019109.jpg

O Diário das nossas Férias

Quando percebemos que os nossos filhos iriam ter mais de 80 dias de férias, decidimos gravar uma espécie de diário fotográfico minimalista para nos relembrarmos das atividades que se vão sempre esquecendo, quando chegamos a setembro.

Não temos um feed perfeito de fotos de praias, piscinas ou restaurantes mas temos um feed de lembranças para que no fim do verão, do ano ou daqui a 10 anos possam cá voltar e relembrar o que fizeram, os bons momentos que passámos e que, nas pequenas coisas conseguimos encontrar momentos de felicidade.

É engraçado quando voltamos atrás no instagram e vamos observando o feed como se tratasse de um álbum de fotografias e lembrando o que fizemos e os bons momentos que passámos… Ao mesmo tempo, há amigos que vão entrando devagarinho nos nossos afectos e que é impossível não nos deixarmos arrebatar pela beleza, amor e maravilhas que vemos todos os dias.

Dizem que o instagram é o facebook dos nossos adolescentes, só porque uma imagem vale mil palavras!

Ginástica Mental para Crianças de Férias

São quase três meses sem aulas e os TPC são uma seca. Têm, no entanto, a sua utilidade. O cérebro e os dedos não podem ficar de férias durante os três meses pois definham… Não é necessário escreverem todos os dias, ou fazer cópias, como eu tinha que fazer para ficar com uma letra bonita, sendo que não surtiu efeito nenhum, mas convém arranjar maneiras divertidas para que as crianças continuem a aprender e a estimular a sua criatividade.

O papá cá da casa fez um jogo para que as pequenas células cinzentas se mantenham activas, mesmo durante as férias. Com este pdf, é pedido às crianças que criem oralmente ou por escrito, histórias curtas e divertidas, algo que pode ser realizado em família ou sozinhos.

Podem ser criadas à noite, em conjunto, no carro enquanto os pais guiam e os filhos inventam a história. Tem uma forte componente visual que lhes permite inventar, sem nunca saber como irá terminar, sendo o dado a decidir.

Vão buscar um dado, imprimam o documento e divirtam-se! Os nossos gostaram muito, espero que os vossos também!

Histórias em 3 minutos

 

 

 

 

Dicas de Sustentabilidade – dizer Não

Nesta senda de nos tornarmos mais sustentáveis, surgiu a questão do não. Agradecer o que não é necessário mas não usar. Começando pelas palhas e acabando nos sacos plásticos, entre muitos outros itens que podemos usar em vez de contribuirmos para o problema.

Cá em casa, não deixámos de ir a restaurantes de fast food, onde esporadicamente, vamos. Deixámos, no entanto de utilizar as palhas e reutilizamos os copinhos do gelado para levar uvas ou morangos.  Não usamos a maioria dos sacos de plástico e, quando uso, damos-lhes uma nova vida como para congelar o que for necessário.

O mesmo para os sacos do pão, que foram para já trocados por sacos do pão do tempo da mãe e da avó, bordados por elas. Antes de comprarem novos, perguntem se não estão alguns ainda no fundo do baú. São bonitos, potencialmente kitsch e gratuitos. A reutilização dos sacos irá fazer com que menos tecidos vão parar ao lixo sem terem sido devidamente utilizados.

No futuro próximo, também pretendo começar a usar uns sacos de pano leve para comprar frutas e legumes…

sac_coton_l

No caso de não terem, nem de pão nem de frutas e leguma, já há algumas opções disponíveis, como na Maria Granel. Se quiserem um projeto para este verão, deixo-vos este vídeo da Tia Cátia:

Algo que faz todo o sentido, neste nosso percurso, é dizer não a uma substituição sem primeiro terminar, acabar, usar até ao fim de vida de um produto. Ao ouvir o direto do Mind the Trash, esta semana, foi referido que não faz sentido deitar fora uma cortinas de banho de plástico, só para comprar umas menos poluentes,  uma vez que a que está a ser usada ainda está em perfeitas condições. Faz todo o sentido! Primeiro usar o que temos e depois sim, comprar uma alternativa mais ecológica.

Por falar em alternativas mais ecológicas e o meu calcanhar de Aquiles, mais dos meus filhos que meu, são os dejetos da cadela. Não compramos sacos para isto, reutilizamos todos, desde o saco do arroz, das massas, dos congelados ou até das revistas que chegam pelo correio. Mas custa-me deitar plástico para o lixo cada vez que a Princesa Leia faz um presente. A alternativa, para mim tem sido usar os papeis de publicidade que colocam no correio não desejado do prédio (reutilização) mas para eles não dá… O nível NOJO fica no topo.

Hoje encontrei estes na minha pesquisa e pareceu-me excelente! Alguém já experimentou? Parece uma solução ambientalmente mais correta que a reutilização?

Earth-Rated-Poop-Bags_Mind-The-Trash_120unscented

Se cada um de nós se tornar parte da solução seremos muitos e com estes passos caminharemos para um mundo menos poluído. Faço também o convite para que usem este espaço para podermos partilhar mais ideias de como podemos mudar mentalidades em passos pequeninos!

Museu da Música Mecânica – Prendinha da Semana

Durante o Festival New Music: Touchpoints, fomos conhecer o Museu da Música Mecânica, situado no Pinhal Novo, e passámos uma tarde maravilhosa. Como fomos um pouco mais cedo, pudemos aproveitar para usufruir do maravilhoso jardim, ver os maravilhosos cavalos e respirar o aroma das rosas.

Este museu é mágico em todos os sentidos. A sua envolvência, o campo e, acima de tudo, o nascer de um sonho de um coleccionador, Luís Cangueiro, que não sonhou apenas, construiu um Museu onde pode partilhar com todos a sua colecção dos mais inusitados instrumentos musicais mecânicos.

Tantos os graúdos como os miúdos ficaram grudados nas várias sonoridades que fomos descobrindo durante a visita guiada pelo próprio coleccionador, que nos foi apresentando alguns dos muitos instrumentos e nos presenteou com as suas sonoridades. Foi uma visita maravilhosa e que deixou vontade de regressar em breve.

Hoje, com o apoio do Museu da Música Mecânica, oferecemos dois bilhetes para a visita ao museu, que poderá ser igualmente guiada e que podem ser usufruídos até setembro.

O Museu fica localizado no Pinhal Novo, por isso, a caminho do Algarve ou dando uma volta pela ponte Vasco da Gama para ir para a Costa ou para o Freeport, verão que fica a caminho de tudo.  Se aproveitarem um domingo, podem visitar o museu com a visita guiada e ainda tocar nas esculturas sonoras. Será um domingo inesquecível!

Para ganharem as entradas, só têm:

  • Seguir a página do blog no facebook: O Dia da Liberdade
  • Seguir a página do Museu no facebook: Museu da Música Mecânica
  • Partilhar a publicação, em modo público
  • Convidar três amig@s a conhecerem o Museu, nos comentários.

Boa sorte! O bilhete pode ser usufruído por miúdos e graúdos, portugueses ou estrangeiros, que tenham vontade de ir conhecer um museu fantástico! Até têm discos de chocolate! O passatempo termina no dia 3 de julho, às 23.59.

 

 

Nova Linha de Maquilhagem por Maria João Bastos

Fui espreitar a nova linha de maquilhagem proposta pela Maria João Bastos, em exclusivo para a Perfumes & Companhia e vim muito impressionada. Os tons, entre os rosas e os laranjas, têm a minha cara. Para além disso, de serem tons magníficos para os dias maravilhosos que espero que aí venham, os tons adaptam-se à noite e ao dia, consoante o que pretendamos usar.

Há uma novidade que adorei experimentar, o gloss Spicy Lip Maximizer, que como o próprio nome indica, vai maximizar o tamanho dos lábios, graças à utilização de extracto de malagueta que os aumenta devido ao afluxo de sangue aos lábios. Sim, faz um formigueirozinho mas nada de desagradável. Ficam “super-sexy”!

O Bronze Luminizer também é muito bom e acho que é o ideal para os meses que se aproximam (embora o tempo esteja meio estranho). Para além disso, a linha não foi testada em animais o que é sempre uma mais-valia. Podem espreitar a linha na página da Perfumes & Companhia, clicando em MJB Spring Summer 2018.

MJB 2018 maquilhagem Perfumes&Companhia

MJB 2018 maquilhagem Perfumes&Companhia

MJB 2018 maquilhagem Perfumes&Companhia

Design sem nome (13)

 

As fotos foram tiradas por mim e pela Menina Rafaela da Angel Luzinha, a quem agradeço a paciência para me fazer uma sessão fotográfica!

Máxima Beauty Summit

Ao chegarmos ao Pavilhão Carlos Lopes, esse magnífico edifício palaciano situado no Parque Eduardo VII, somos imediatamente envolvidos por uma atmosfera maravilhosa. A entrada está muito bem organizada e (surpreendentemente) sem filas.

Após o levantamento do saco, somos convidadas a entrar no pavilhão em si. Cá está o jovem semi-despido a convidar-nos a entrar! Dali, conseguimos ver todo o pavilhão e pode parecer pequeno mas é um engano. Preparem 4 horas para passarem ali um bom bocado, pelo menos.

Estão representadas marcas maravilhosas e estarão no sábado, dia 19 das 10.00 às 20.00, à vossa espera. Foi um prazer (re)conhecer as que me foi possível, durante as duas horas… Não é fácil… Reservem mais tempo! Ao entrar, fui logo surpreendida pela Beauty Talk da Sofia Castro Fernandes do Às Nove no meu Blog! Lá está, Descompliquemos!

Amanhã há mais Beauty Talks, sobre tudo um pouco, incluindo aulas de pilates. Mimem-se um pouco e tirem um momento para relaxar. O lounge é maravilhoso e podem ir bebendo os sumos, batidos, mojitos deliciosos e repôr energias com as várias saladas à disposição.

DSCF8842

A Máxima conseguiu, mais uma vez, surpreender. O espaço está muito bem organizado. As parcerias são maravilhosas e os colaboradores muitíssimo educados e simpáticos. Depois de ter aprendido tanto e me maravilhado com todas as novidades, ainda vim para casa, com o saco de oferta da Revista Máxima… Tantos miminhos bons, não concordam?

DSCF8844 (2)

Última nota: Não vão com o tempo contado… Relaxem e usufruam… Está quase a chegar o verão mas até lá… Relax!